Seleção de bolsistas e voluntários para os laboratórios de informática da FA7
27/10/2015
Análise de Pontos de Função e Teste de Software: cursos de extensão da FA7 em novembro
30/10/2015

Alunos de Engenharia realizam visita técnica ao mais moderno navio de pesquisa do Brasil

Os alunos da Engenharia Elétrica e de Produção da FA7 realizaram uma visita técnica na última sexta-feira, 23 de outubro, ao Navio de Pesquisa Hidroceanográfico (NPqHo) “Vital de Oliveira”, no Porto de Mucuripe.
O navio é resultado do acordo de cooperação entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Ministério da Defesa (MD). A embarcação é equipada com o que há de mais avançado em termos de tecnologia, permitindo o acesso à parte geológica e biológica marinha para experimentações e retirada de amostras.


Foto 1: Entrada a bordo do Navio de Pesquisa ‘Vital de Oliveira”

Um dos equipamentos é o veículo de operação remota (ROV, na sigla em inglês), que irá operar a uma profundidade de 4 mil metros. A França, o Japão, a China e a Rússia são alguns dos países que possuem navios semelhantes, equipados com alta tecnologia e destinados a essa finalidade. O navio será utilizado em estudos de caracterização física, química, biológica, geológica e ambiental de áreas oceânicas estratégicas do Atlântico Sul.


Foto 2: O Navio de Pesquisa Hidroceanográfico “Vital de Oliveira”.

O objetivo da visita técnica foi complementar os estudos sobre diversas disciplinas, tendo como foco a Geração de Energia Elétrica a bordo de um navio, além de conhecer vários compartimentos e equipamentos do Navio de Pesquisa e suas utilizações.


Foto 3: Recepção pelo Imediato do Navio

A equipe da FA7 foi recepcionada pelo Imediato, Capitão-de-Fragata Alex e vários outros componentes da tripulação do navio, que promoveram uma palestra no auditório e responderam a diversos questionamentos feitos pelos alunos da FA7.
Após a palestra institucional foi realizada visita guiada a vários compartimentos do navio. Na Praça de Máquinas os alunos tiveram contato com o Centro de Controle da Máquina (CCM), onde são controlados remotamente (Automação e Controle) todos os motores e geradores do navio, estação de tratamento de efluentes, equipamento de osmose reversa, motores de combustão principal, geradores de eixo (que são os principais geradores de energia elétrica do navio, gerando 2250 KW cada um), geradores diesel-elétricos, dentre outros equipamentos.
O navio estava com energia de bordo e realizando uma rotina de manutenção, o que possibilitou aos alunos verificarem “in loco” a geração de energia.


Foto 4:Um dos Laboratórios Secos do NPqHo

Outros compartimentos visitados foram: o Passadiço (conhecido como ponte de comando), os laboratórios secos e molhados, a Praça D’Armas (onde são feitas as refeições), os camarotes, a popa (onde estavam as boias que serão lançadas a 4000 metros de profundidade para coleta de dados de pesquisa), os guindastes e diversos equipamentos para movimentação de carga.


Foto 5: Centro de Controle de Máquinas

A Visita Técnica ao NPqHo “Vital de Oliveira” proporcionou aos alunos, além do contato com a parte prática das disciplinas estudadas, a possibilidade de ver o emprego de um navio brasileiro de alta tecnologia, sendo uma oportunidade ímpar de obtenção de novos conhecimentos de engenharia.


Foto 6: Os alunos puderam entrar dentro da Praça de Máquinas


Foto 7: Convés do Helicóptero/Convés de Vôo
Espera-se que na próxima visita do NPqHo “Vital de Oliveira” ao porto de Fortaleza os alunos possam ter contato com o ROV e obter maiores informações sobre esse assunto.


Foto 8: ROV (Veículo de Operação Remota para 4000 metros de profundidade)