C. Mendes, Seleciona: Estagiário(a) Comercial
22/11/2018
CCE, Seleciona: Estagiário(a) de Administração
23/11/2018

Alunos do Direito da UNI7 realizam aula sobre Constituição em escola pública

Alunos do grupo de extensão “Constituição Ativa” do curso de Direito da Uni7 fizeram apresentação para 150 alunos da Escola de Educação Profissional Jaime Alencar. Os alunos Henrique César , Luís Cládio , Jonas Ferreira, Mário Marcelino, Sâmia Abreu, Thalles Alves conversaram com alunos do primeiro ano sobre direitos fundamentais, o histórico das constituições brasileiras e também sobre a importância do conhecimento para construção da cidadania. “Eu acho que foi muito produtivo até porque as pessoas não têm muito interesse pela Constituição e eu acho que ajudou muito porque foi uma experiência gratificante”, analisou o estudante Fernando Porto.

Para Bruno Marques, coordenador da Escola, a integração de saberes com alunos da universidade e da escola pública é muito interessante. “Essa troca de experiências, da universidade integrando nós da comunidade, os alunos da educação básica, com assuntos que são muito importantes para eles, que é a questão da cidadania, que é a questão do acesso ao direito propriamente dito. Porque eles sabem que têm direitos, mas não sabem como chegar a esses direitos. A gente sabe que o Direito é hoje extremamente categorizado, mas se tornar público, se tornar mais prático e integrar a comunidade de um modo geral é muito importante. “, analisou.

O aluno de direito Thalles Alves destacou a importância de se levar o conteúdo aprendido na sala de aula e compartilhar com outros alunos. “Contribuir com a formação cidadã de um individuo é uma missão honrosa e de extrema complexidade. Exige dedicação, compromisso e muito estudo. O projeto Constituição Ativa proporcionou exatamente isso: a possibilidade de poder transmitir conceitos básicos sobre a Constituição Federal e sobre direitos fundamentais”, destacou.

A professora Eulália Camurça, que coordena o grupo destaca que a apresentação foi resultado de muita dedicação dos alunos. “Ao longo dos encontros de preparação, trabalhamos não só a delimitação de conteúdo, mas também estudamos metodologias ativas para envolver os alunos de escolas públicas. Presenciar esse momento de compartilhamento saberes foi inesquecível”, conclui.

Fotos: Deísa Rocha