X Encontro de Iniciação Científica FA7

Anais

Burocracia e Arrecadação: COMO AS CIDADES BRASILEIRAS PODEM EVOLUIR A PARTIR DA REORGANIZAÇÃO DE RECURSOS.

Artigo
Autor Principal: PAULO MATEUS PRADO VARELA
Área: Direito
Professor Orientador: S/ PROFESSOR ORIENTADOR
Outros Autores:
Paulo Mateus Prado Varela

Resumo

Através de embasamento teórico em nomes como Max Weber, Ronald Coase e Moisés Naím, buscam-se a comprovação numérica da ineficiência do sistema Burocrático-Jurídico (demonstrada por cálculos) e a solução desse problema. É possível entender a matéria descrita aqui, a Burocracia sistemática enraizada no modelo tributário brasileiro, como uma demanda Jurídica para que se torne mais fácil gerir as provas em possíveis ações judiciais. Algo que não é mais compatível com as práticas da Atualidade. A simples existência de Cartórios, frente a recursos como a certificação digital inviolável, é ultrapassada. Pois, ao passo de que se pode passar um dia inteiro num Cartório para se resolver pendências de registro de empreendimentos, pode-se gastar muito menos tempo na resolução da mesma pendência usando a Certificação, que vale lembrar, é apenas um dos muitos mecanismos advindos da modernização das instituições que não é usado para melhorar os serviços no Brasil. Quem sabe, com a utilização desses mecanismos, quão dinâmico seria o Sistema Burocrático Brasileiro. Sem excluir a segurança necessária da probatoriedade.