Iniciação Científica

Qual sua
Importância?


A UNI7 entende que a iniciação na ciência é indispensável para a comunidade acadêmica e contribui para o desenvolvimento de formas de pensamento que assegurem a sua clareza e o poder crítico, construtivo e independente.

A iniciação científica conduz, nesse sentido, à formação da atitude científica do estudante, que se reflete no desempenho do profissional capacitado a enfrentar os novos desafios, que são a tônica de um mundo globalizado e competitivo.

A UNI7 busca, com esta iniciativa, criar condições para que estudantes se transformem em pesquisadores, através de participação nos encontros anuais de iniciação científica, abertos às áreas do conhecimento relacionadas aos cursos oferecidos pela instituição, sob a orientação de um professor designado para tal.


As diretrizes que norteiam a política de iniciação científica da UNI7 são:


incentivar o estudante não só a observar a realidade, mas também a dialogar com ela e a agir sobre ela, por meio dos procedimentos que caracterizam o trabalho científico: o teste, a dúvida, o desafio que, por sua vez, desfazem a tendência meramente reprodutiva da aprendizagem;

aprimorar o espírito analítico-crítico e desenvolver o espírito científico do estudante universitário;

incentivar o estudante da graduação a dar continuidade aos seus estudos por meio de cursos de pós-graduação: especialização, mestrado e doutorado.

Coordenação do Programa de Iniciação Científica: Prof. Felipe dos Reis Barroso