Biblioteca

A Biblioteca é dotada de acesso especial aos portadores de deficiência física e a estes disponibiliza, também, todos os equipamentos necessários, computadores e sanitários apropriados.

O acesso à informação, do ponto de vista tecnológico, não é objeto de limitações geográficas ou temporais, amplia as possibilidades de participação social, enriquece o processo educacional e torna atraente a aprendizagem por meio de ambientes distribuídos que interagem com o usuário.

Os recursos de informação têm hoje um conceito abrangente que deve ser entendido sobre uma perspectiva tecnológica para o setor.

Uma unidade de informação produz boletins informativos, cursos, eventos, bases de dados, catálogos e cadastros, manuais técnicos, perfis tecnológicos e livros, sumários correntes, vídeos, vocabulários controlados, relatórios de diagnósticos setoriais e empresariais.

É papel da Biblioteca, como centro de documentação e informação, oferecer serviços de fornecimento de documentos, iniciação científica bibliográfica, serviço de informação referencial (respostas rápidas), de extensão tecnológica e outros, dentro de um modelo de organização voltado para o cliente, com uma estrutura interna capaz de propiciar o pleno cumprimento de suas funções.

A Biblioteca se enquadra como rede de conteúdos, disponibilizando informação e aproximação de pessoas ou instituições envolvidas na geração, produção, organização e no compartilhamento de conhecimento. A informação é percebida como fator estruturante da sociedade e insumo básico da produção intelectual, cultural e econômica.

Objetivos da Biblioteca:
  • interdisciplinaridade;
  • centralização física do acervo bibliográfico;
  • centralização administrativa;
  • centralização operacional ou técnica;
  • otimizar a utilização dos recursos informacionais da Biblioteca;
  • facilitar o acesso às informações no País e no Exterior;
  • disseminação de informações;
  • espaço cultural, documental, ensino, pesquisa e extensão;
  • instalações, iluminação e ventilação adequadas;
  • organização da coleção para permitir fácil acesso; e
  • ótimo sistema de circulação.

A Biblioteca Diplomata Ednildo Gomes de Soárez, tem como missão “Oferecer suporte informacional e documental à comunidade nas atividades de aprendizagem, ensino e pesquisa contribuindo para sua formação pessoal e científica”, atendendo aos alunos da Faculdade Sete de Setembro – Campus Água Fria, localizada na Rua Almirante Maximiano da Fonseca 1395, 3º andar – Bairro Engenheiro Luciano Cavalcante

Na condição de suporte para a FA7, tem a atribuição de gerenciar seu acervo utilizando as informações nele contidas para auxiliar as atividades de ensino, pesquisa e extensão. A Biblioteca desenvolve serviços de qualidade com melhoria contínua para as necessidades da comunidade acadêmica.

Sendo assim, a Biblioteca da FA7 está adequada às necessidades dos cursos atendendo todos os requisitos legais.


Espaço Físico

A Biblioteca ocupa uma área de 1.605m2, em dois pavimentos, sendo 770,76 m² no 1º pavimento e 835,09 m² no 2º pavimento. Desta forma, o espaço físico da Biblioteca está inteiramente adequado ao pleno funcionamento de seus cursos. Além do espaço físico necessário ao acervo, possui ainda os seguintes ambientes:

  • 1º Pavimento

  • Recepção e atendimento/balcão de empréstimo (25,00 m2);
  • Área de Leitura e Estudo Individual (192,00 m2);
  • Bancada com terminais de consulta ao acervo (6,50 m2 );
  • Sala de obras raras (11,45m2);
  • Sala de arquivos de jornais (12,06m2);
  • Sala de normalização bibliográfica (11,16m2);
  • Sala de Administração (10,00 m2)
  • Depósito de material de expediente (3,92 m2);
  • Área de circulação (198,57 m2)
  • Acervo de livros (177,51 m2); e
  • Acervo de periódicos (121,83 m2).
  • 2º Pavimento:

  • 10 salas de leitura e estudo em grupo (152m2);
  • Área de leitura e estudo individual – (388,59 m2)
  • Área do acervo – (256,00 m2)
  • Recepção e atendimento - (38,50m²).

Instalações para o acervo

As instalações para o acervo dos cursos superiores apresentam condições adequadas quanto a área física, acervo de livros, periódicos especializados, fitas de vídeo, DVD’s e CD-ROMs, bem como moderna gestão e informatização do acervo, pautada em política de atualização e expansão, além do acesso às redes de informação.

O mobiliário da Biblioteca é adequado e moderno, de acordo com os princípios recomendados para as Bibliotecas universitárias. O acervo está acomodado em estantes, devidamente distribuído em coleções específicas. Os periódicos especializados contam com estantes expositoras para os títulos correntes.

Em termos estruturais, a Biblioteca é climatizada, contando com iluminação projetada para a leitura e isolamento acústico. Além disto, conta com sistema antifurto na porta de acesso, ampla e clara sinalização das dependências, decoração agradável e disposição de extintores de incêndio e sistema de esguichos d’água automatizados (sprinklers) para a reação em caso de incêndios de maiores proporções.


Instalações para estudos individuais

As instalações para estudos individuais são adequadas no que se refere ao espaço físico, mobiliário, ventilação e refrigeração, iluminação e acessibilidade, atendendo todos os cursos de graduação e pós-graduação, tendo à disposição 96 cabines individuais para as necessidades dos estudantes.


Instalações para estudos em grupos

Os estudos em grupo contam também com adequadas instalações (espaço físico, mobiliário, ventilação e refrigeração, iluminação e acessibilidade). A infraestrutura atende às necessidades dos cursos de graduação e pós-graduação oferecidos pela FA7, perfazendo o total de 152m2.

Para esta finalidade, os espaços para estudos em grupo estão dispostos em outro pavimento, separadamente dos espaços destinados aos estudos individuais, visando, com tal medida, à minimização de ruídos que possam atrapalhar a concentração dos usuários.


Informatização

Atente-se para o fato de que as instalações atuais já contam com modernos recursos computacionais e audiovisuais, inclusive com ligação em rede de informação nos diversos terminais de computador à disposição da comunidade acadêmica. A Biblioteca encontra-se completamente informatizada. Tem disponível para seus usuários um sistema de levantamento bibliográfico pelo acervo de CR-ROM (base de dados) e funciona com as seguintes facilidades:

  • consulta ao acervo, renovação e reserva de materiais através da Internet pelo site da IES www.fa7.edu.br (http://Biblioteca.7setembro.com.br/fa7/wcMas.ASP);
  • uso da biometria por meio do cadastro da digital para empréstimos de material, como forma segura e rápida de prestação do serviço;
  • acervo eletrônico (DVD–CD/ROM);
  • consultas do acervo em terminais;
  • controle de movimentação de acervo (empréstimo/consultas/cobrança) com relatórios estatísticos;
  • integração com a área acadêmico-administrativa, possibilitando o efetivo controle na cobrança de livros não devolvidos;
  • interligação com redes nacionais e internacionais (COMUT–IBICT e INTERNET), outras Bibliotecas cooperantes (Faculdade Christus, Faculdades Nordeste - FANOR, Faculdade Integrada do Ceará - FIC, Faculdade Integrada da Grande Fortaleza, Faculdade Evolutivo – FACE);
  • sistema de controle de acervo - consultas, reservas, empréstimos, cobranças, cadastramento de contas etc.

Para tal processo, a instituição colocou à disposição da Biblioteca profissionais capacitados, não só para a implantação dos sistemas, como também para seu gerenciamento, proporcionando para a comunidade acadêmica segurança confiabilidade e agilidade na recuperação da informação.

Equipamentos da Biblioteca

  • 1 microcomputador processador DualCore 2.50 GHz, 1GB de memória RAM, Monitor de 15” LCD AOC HD 500GB servindo como circuito interno de TV com 10 câmaras coloridas, teclado multimídia e gravado de DVD;
  • 1 microcomputador na Administração STI lince processador celeron 2.53, HD 80Gb, 1GB de memória RAM, monitor colorido SVGA, Kit multimídia gravador de CD, 1 drive 3½, teclado ABNT português;
  • 5 terminais de consulta, microcomputadores processador Pentium D 2.0 Ghz, 1Gb de memória RAM, HD 160 Gb, e gravado de DVD, monitor colorido15” LCD, teclado ABNT;
  • 1 impressora HP Deskjet 3845 jato de tinta, com 4MB de memória, velocidade de 8ppm, resolução máxima 600DPI;
  • 4 impressoras Bematech térmica para recibo de empréstimo;
  • 4 leitoras ópticas para código de barra.
  • 4 leitores biométricos: Digital persona U. are. U 4000b

Base de Dados

A Biblioteca disponibiliza o COMUT - Programa de Comutação Bibliográfica - pelo qual o usuário tem acesso imediato a documentos técnico/científicos (periódicos, teses, monografias) nacionais e internacionais, podendo a seguir solicitar cópia do(s) documento(s) pretendido(s) que serão enviados por correio em prazo mínimo. Vale salientar que as melhores Bibliotecas do mundo estão ligadas ao COMUT. O Sistema de automação é na base Oracle, conforme quadro a seguir:

BANCO DE TESES DA USP
BASE DE DADOS INTERNACIONAL *
CNEM
COMUT – PROGRAMA DE COMUTAÇÃO BIBLIOGRÁFICA
HEMEROTECA DIGITAL BRASILEIRA
IBICT
IPL – INTERNET PUBLIC LIBRARY
OPEN J -GATE
OPEN SCIENCE DIRECT
PERIÓDICOS CAPES
PROSSIGA
SABER
SCIELO
SISB
UNIBIBLI *
VEJA

Acervo geral

O acervo da Biblioteca da FA7 é composto por livros, teses, dissertações, monografias, trabalhos de conclusão de cursos, normas técnicas, folhetos, periódicos, CD-ROMs, DVDs, obras raras e históricas e outros materiais especiais, que atendem aos cursos de graduação, pós-graduação e extensão.

As instalações para o acervo dos cursos superiores apresentam condições adequadas quanto à área física, acervo de livros, periódicos especializados, DVD’s e CD-ROM’s, bem como moderna gestão e informatização do acervo, pautada em política de atualização e expansão, além do acesso às redes de informação.

O acervo está acomodado em estantes, devidamente distribuído em coleções específicas. Os periódicos especializados contam com estantes expositoras para os títulos correntes.


Bibliografia básica e complementar

A Biblioteca Diplomata Ednildo Gomes de Soárez, na condição de suporte para a FA7 tem a atribuição de gerenciar seu acervo, utilizando as informações nele contidas para auxiliar as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Desenvolve serviços de qualidade com melhoria contínua para as necessidades da comunidade acadêmica.

Como centro de documentação e informação, oferece serviços de fornecimento de documentos, iniciação científica bibliográfica, serviço de informação referencial (respostas rápidas), de extensão tecnológica e outros, dentro de um modelo de organização voltado para o cliente, com uma estrutura interna capaz de propiciar o pleno cumprimento de suas funções.

Desenvolve serviços de qualidade com melhoria contínua para as necessidades da comunidade acadêmica.


Periódicos, bases de dados específicas, revistas e acervo em multimídia

A Biblioteca atende aos programas das disciplinas dos Cursos, mantendo o acervo atualizado, obedecendo às regras biblioteconômicas de catalogação e classificação.


Periódicos

Além dos periódicos impressos descritos no quadro a seguir, a FA7 disponibiliza outros periódicos de outros cursos, que podem ser utilizados pelo Curso em questão, de acordo com a orientação dos docentes, e acessa também diversos periódicos on-line que estão disponíveis na Internet. Ao início de cada ano letivo, novos títulos são adquiridos e incorporados aos existentes.


Jornais

Com a finalidade de manter os estudantes atualizados, a FA7 mantém em seu acervo, além dos títulos de livros e periódicos específicos para o Curso de Direito, assinaturas dos principais jornais.


Acervo em multimídia

O acervo em multimídia é formado por produções que utilizam vários meios de comunicação, como imagens fixas e em movimentos, som, textos, gráficos, e que necessitam de equipamentos eletrônicos ou digitais para leitura.

Nas bases de dados, as pesquisas podem ser feitas de forma rápida e eficiente, diretamente nos principais índices, como autor, assunto, título etc. Além de encontrar as informações sobre o universo da produção acadêmica e cultural pretendida, os clientes podem solicitar reproduções eletrônicas de texto ou imagem de seu interesse. Um atendente acompanha as consultas que podem ser feitas por grupos ou individualmente.

A Biblioteca dispõe de microcomputadores equipados com multimídia, que permitem aos professores e estudantes o acesso à informatização bibliográfica em DVD’s, CD’s e outras formatações eletrônicas.


Serviço de acesso ao acervo

As consultas ao acervo da Biblioteca são possíveis, bastando, para isso, respeitar as regras gerais de silêncio e organização.

Além das consultas internas, o material consultado pode ser reproduzido no do Centro de Produção Reprográfica da Instituição, respeitando a quantidade permitida por lei. O empréstimo do acervo será concedido nas seguintes condições expressas no quadro.

Empréstimo

Estudantes:

03 (três) itens, mas no máximo 2 (duas) fitas de vídeo ou DVDs por vez. Livros, pelo prazo de 07 (sete) dias úteis; 02 (duas) fitas ou DVDs por 03 (três) dias úteis;

Funcionários:

02 (dois) itens, mas no máximo 2 fitas de vídeo ou DVDs por vez. Livros, pelo prazo de 08 (oito) dias úteis; e 02 (duas) fitas por 03 (três) dias úteis

Professores:

06 (seis) itens, mas no máximo 2 (duas) fitas de vídeo ou DVDs por vez. Livros, pelo prazo de 15 (quinze) dias úteis; 02 (duas) fitas ou DVDs por 03 (três) dias úteis

Nas datas fixadas, o material poderá ser novamente emprestado ao mesmo usuário, por igual período, caso não tenha sido objeto de reserva.

O empréstimo é intransferível, cabendo ao detentor da obra emprestada a responsabilidade pela sua guarda e conservação.

Reserva

A obra poderá ser reservada pelo usuário, quando fizer parte do acervo geral e não se encontrar disponível no momento da solicitação. A obra ficará à sua disposição pelo prazo de 1 (um) dia. Só será atendido no serviço de reserva o próprio solicitante.

Atrasos

Quando a devolução e/ou renovação da obra não é efetuada na data estabelecida, o usuário deverá pagar multa por livro e por dia de atraso, incluindo finais de semana e feriados. O atraso na devolução de obras impossibilitará o faltoso de realizar outro empréstimo ou renovação, enquanto não regularizar a situação.

As obras (livros, revistas, vídeos...) danificadas ou perdidas deverão ser indenizadas com outro exemplar ou, em último caso, com publicação semelhante aceita pela Coordenação da Biblioteca, não ficando, todavia, o faltoso, dispensado da multa.

No final de cada semestre, será encaminhada à Secretaria/Tesouraria uma lista dos usuários em débito com a Biblioteca. Cabe a Secretaria/Tesouraria não permitir a estes se matricular, sem antes regularizar sua situação junto à Biblioteca. O aluno que estiver em débito com a Biblioteca por ocasião da matrícula, solicitação de diploma e reabertura de matrícula, não poderá fazê-lo enquanto o débito não houver sido saldado, conforme legislação superior vigente.


Filiação institucional à entidade de natureza científica

A Faculdade 7 de Setembro-FA7 é filiada ao IBICT (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia), cuja missão é contribuir para o avanço da Ciência, da Tecnologia e da Inovação Tecnológica do País, por intermédio do desenvolvimento da comunicação e informação nessas áreas. A FA7 se utiliza de seus serviços tais como


COMUT (Comutação Bibliográfica)

Permite a obtenção de cópias de documentos técnico-científicos disponíveis nos acervos das principais Bibliotecas brasileiras e em serviços de informação internacionais. Entre os documentos acessíveis, encontram-se periódicos, teses, anais de congressos, relatórios técnicos e partes de documentos.


CNN (Catálogo Coletivo Nacional)

É uma rede cooperativa de unidades de informação, localizadas no Brasil, com o objetivo de reunir, em um só Catálogo Nacional de acesso público, as informações sobre publicações periódicas técnico-científicas reunidas em centenas de catálogos distribuídos nas diversas Bibliotecas do País.


Apoio na elaboração de trabalhos acadêmicos

A Biblioteca, por meio de seus recursos técnicos e humanos, auxilia seus usuários quanto à normalização técnica e bibliográfica, baseando-se nas normas da ABNT e no Manual para Elaboração e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos-FA7, bem como na orientação quanto à recuperação de informação.


Núcleo de Prática Jurídica

É o setor do curso de Direito onde são desenvolvidas as atividades práticas com orientação dos professores, ao mesmo tempo em que presta serviços à comunidade.


Laboratórios de Informática

A FA7 conta com laboratórios de informática dotados com estações multimídia de avançada capacidade de processamento. Trabalhando no ambientes Windows e Linux com excelente performance, os laboratórios possuem as seguintes características:

  • Internet de alto desempenho;
  • Softwares devidamente licenciados garantindo o total aproveitamento dos recursos operacionais;
  • Atualização permanente de software e sistemas operacionais;
  • Plano de utilização com abordagem prática e voltada para pesquisa, interatividade e planejamento,
  • Ambiente preparado para aulas em grupo com os mais avançadas recursos didáticos.
  • Sistema Internet que garante o acesso ao acervo bibliográfico da FA7 e aos arquivos digitais de aulas e projetos de pesquisa.

 

NORMAS DE UTILIZAÇÃO

Os laboratórios de informática da FA7 tem como finalidade facilitar o desenvolvimento de estudos, projetos e pesquisas para o seu público alvo, no que tange ao acesso à Internet e uso de ferramentas dos sistemas de informação. Eles podem também ser reservados para utilização em atividades de transferência de tecnologia, tais como aulas, cursos e palestras. A FA7 dispõe de 14 laboratórios de informática que estão conectados à Internet por rede de alta performance. Atualmente, a FA7 possui 3.330 alunos e 440 máquinas disponíveis, resultando em uma relação média de 7,57 estudantes/máquina, e o fato de os laboratórios funcionarem em tempo integral permite que os estudantes tenham acesso irrestrito aos recursos de informática, sem qualquer custo adicional.

As normas de funcionamento dos laboratórios de informática, são:

  1. Categorias de usuários dos laboratórios:
    • Alunos dos cursos de graduação da FA7;
    • Alunos dos cursos de pós-graduação da FA7;
    • Professores da FA7 que desejem ministrar aula/curso/palestra.
  2. Todos os usuários deverão cadastrar-se previamente para utilizar os laboratórios.
  3. Os administradores dos laboratórios são responsáveis pelo acompanhamento dos trabalhos nos laboratórios.
  4. O uso dos laboratórios de informática fica restrito à presença de pelo menos um dos administradores designados pelo Coordenador, ou de um professor que tenha efetuado a reserva de utilização naquele horário. Caso o Professor ou o administrador tenha de se retirar, todos os usuários deverão fazer o mesmo.
  5. Não é permitido jogar nos computadores dos laboratórios.
  6. É proibida a visita a sites da Internet de conteúdo pornográfico.
  7. Somente é permitido participar de salas de bate-papo fora do horário de aulas.
  8. Quando o laboratório estiver sendo usado para uma aula prática previamente reservada, somente os alunos matriculados na disciplina poderão permanecer na sala. Exceções a esta regra ficam a critério do Professor responsável pela reserva.
  9. Os casos omissos, bem como as reclamações, serão devidamente tratados e resolvidos pelo Coordenador dos laboratórios.

 


Laboratórios de Comunicação Social

  • Laboratório de Redação, Planejamento e Produção Gráfica
  • Laboratório Fotográfico P & B, colorido e Fotografia Digital
  • Estúdio Fotográfico e Camarim
  • Laboratório de Radiojornalismo
  • Laboratório de Vídeo e TV – Estúdio de Gravação e pós-gravação
  • Agência Experimental de Comunicação Integrada

NORMAS DE UTILIZAÇÃO

  1. A utilização dos laboratórios pelos alunos é livre, devendo ser agendada anteriormente junto ao Supervisor dos Laboratórios, que designará um técnico ou monitor para acompanhar os alunos na realização das atividades previamente agendadas.
  2. Os interessados deverão agendar a utilização dos laboratórios, pessoalmente ou por telefone, com no mínimo uma semana de antecedência, junto aos responsáveis.
  3. O empréstimo de equipamentos se dará mediante assinatura pelos alunos de termo de responsabilidade entregue ao responsável pelo laboratório;
  4. A utilização dos laboratórios só será permitida ao aluno mediante a apresentação da carteira de estudante e com o acompanhamento do técnico, monitor, ou professor responsável das disciplinas dependentes do laboratório.
  5. Ao entrarem nas dependências dos laboratórios, os alunos deverão deixar todos os seus pertences nos armários guarda-volumes, cabendo aos alunos a responsabilidade pela devolução das chaves ao final da aula.
  6. Todos os materiais de uso comum tais como: papel e filme para fotografia, M.D.’s, fitas cassete e de vídeo, deverão ser trazidos pelos alunos
  7. Em caso de extravio ou danos materiais do equipamento de uso interno e externo, os alunos serão responsabilizados, devendo arcar com a manutenção ou reposição do equipamento, eximidos os casos de acidentes no manuseio do equipamento durante as aulas.
  8. Preferencialmente, os equipamentos deverão ser emprestados durante os finais de semana. Ficando para o decorrer da semana, apenas os casos de urgência a fim de cumprir a agenda dos trabalhos acadêmicos solicitados pelos professores.
  9. Terão a preferência de uso dos laboratórios os alunos graduandos, a fim de desenvolver o projeto experimental e monografias.
  10. Os laboratórios somente poderão ser utilizados em horários extraordinários com a autorização dos coordenadores de curso, cabendo aos alunos efetuarem a remuneração dos serviços prestados pelos técnicos responsáveis à disposição;
  11. Os responsáveis pelo laboratório atenderão todos os alunos e professores do curso de Comunicação Social durante o horário das aulas, ficando a critério dos professores a situação acadêmica de freqüência.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

  • Segunda à sexta das 8h às 22h30min
  • Sábados das 8h às 12h.

Os interessados deverão agendar a utilização dos laboratórios, pessoalmente ou por telefone, com no mínimo uma semana de antecedência, junto aos responsáveis.


Equipamentos e Recursos Audivisuais e Multimídia

A infraestrutura de apoio pedagógico da FA7 é a grande alavanca para a realização de aulas, reuniões e eventos. A utilização de aparelhos audiovisuais, principalmente os mais usados em sala de aula, como projetores multimídia, TV, vídeo e retroprojetor, facilita o fazer pedagógico.

A manutenção preventiva, bem como os investimentos na preparação de talentos para um rápido atendimento aos professores em sala de aula, além de propiciar o oferecimento de orientações sobre o correto uso dos aparelhos eletrônicos contribui para a maximização dos recursos disponíveis.

A atual infraestrutura de apoio pedagógico, no que se refere aos recursos audiovisuais e multimídia, são:

Caixa de som (dentro dos carros do projetor)
DVD
Filmadora
Flip chart
Aparelho de som
Microfone
Mesa de som
Projetores multimídia
Projetor multimídia com computador com drive de DVD
Projetor de slides
Painéis de exposição
Retroprojetor
Televisor
Videocassete
Telas para projeção com suporte
Telas para projeção retratil presa no teto
Tela para projeção retrátil presa no teto elétrica (200” polegadas )

 

Outros Ambientes
Posso ajudar?